Procura-se

Em entrevista dada a Rádio CBN a delegada titular da Delegacia de Pessoas Desaparecidas ,Wannja Rosa Braga,Duas pessoas desaparecem por dia na grande Vitória, o mais agrave nessa situação  é que só existem apenas três profissionais disponíveis para cuidar das investigações, nem escrivão há disponível segundo a Delegada, mas não estou aqui para falar desse descaso com essa área da policia que como muitas outras está abandonada pelas autoridades esse é assunto para outro artigo, o que eu quero enfatizar são dados intrigantes, ao contrário do que todos pensam o crime e a violência não são os principais motivos desses desaparecimentos,conflitos sociais e em família são os principais motivos para a maioria desses desaparecimentos, de acordo com a Delegada Wannja R. Braga , duas pessoas somem por dia na cidade e a maioria foge por insatisfação, e a família registra o desaparecimento, mas depois de uma investigação de no máximo duas semanas a um mês, com informações de familiares,sites de relacionamentos e outros meios chega-se a conclusão que foi fuga e não desaparecimento.

Agora chegamos ao ponto que eu queria chegar,muitas das vezes essas pessoas fogem com ou por um parceiro, em alguns casos a pessoa, na maioria mulheres ou até adolescentes, são influenciadas pelo parceiro  a fugir, o motivo talvez seja a recusa da família em aceitar o relacionamento, daí a fuga.

Mas me pergunto o que leva uma pessoa a abandonar tudo ,família,casa,amigos,para se arriscar  em uma aventura amorosa,será mesmo amor? Pois quando estamos perdidamente apaixonados por alguém, nossa razão se esvai, e nos tornamos dependentes daquele alguém e sentimos que sem ele ou ela não poderemos viver, nossa vida não faz mais sentido,ninguém mais importa,aquela pessoa se torna um pedaço de nós.

Esse sentimento é até válido e bonito quando sentido por uma pessoa mais equilibrada emocionalmente, capaz de pensar por si só, sem ser influenciada por outra pessoa seja ela quem for.

Não estou condenando ninguém que já tenha feito isso, mas é que na maioria das vezes o que seria um conto de fadas, uma linda história de amor, se torna um pesadelo, pois, na maioria das vezes quando as pessoas fogem para viver um grande amor, elas não conhecem bem esse amor, pois estando longe de amigos, e família ela pode revelar sem receio que realmente é, e desabrocha seu lado obsessivo e violento, pois uma pessoa que propõe a outra fugir e abandonar sua casa ,família e amigos é que ela quer aquela pessoa só para si e não quer dividi-lá com mais ninguém, e esse egoísmo se torna uma obsessão impulsiva e desenfreada que leva a uma tragédia anunciada,e na maioria das vezes a família leva a culpa. O que na maioria das vezes é uma injustiça, mesmo que a família seja presente na vida do filho(a), irmão(ã), não como saber o que se passa em sua cabeça, se ela é ou não segura emocionalmente para tomar tais decisões, mas é difícil de prever tal atitude, deixar tudo pra trás,a não ser com o que ela tenha deixado pra trás não vale a pena, mas fugir não é remédio, já ouvi muita gente dizer: “ As vezes me dá vontade de sumir no mundo” fugir não vai apagar o que você deixou pra trás, os problemas e angústias vão te perseguir por onde você for, vão invadir seus sonhos, tirar seu sono, e nenhum lugar vai ser seu doce lar.

Seja qual for o motivo da fuga, essa atitude é perigosa, sem contar com o sofrimento que a pessoa deixa com suas famílias que não desistem a te ter de volta seus entes queridos, que infelizmente não voltam pra casa.

caso você sabe de informações de pessoas desaparecidas entre em contato com:

NUPEDE – Núcleo das pessoas desaparecidas da Polícia Civil/ ES –
FONE – (27) 31379065 – Informações  sobre desaparecidos podem ser  enviados para este número (não precisa se identificar)
Anúncios
Postado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s