Histórias Que a Vida Conta

O Tempo Não Para.
Por Alessandro Silva.

acordo cedo,muito cedo,mas atrasado como ontem,anteontem e sempre,os cinco minutinhos de tolerância passaram para mais de quinze,pra piorar,quando chegava ao ponto de ônibus, a metros dele,meu ônibus passou,é perdi o busão assim como ontem,anteontem e semana passada também,ele passou tão depressa que achei que era um fórmula um,pois estava rápido demais para um ônibus,quando o próximo enfim chegou,foi tão devagar que pensei que fosse um carro de escola de samba pois ia tão devagar quanto um que leva horas para a travessar a Sapucaí.Chegando ao trabalho como é cotidiano,estava atrasado e nem tomei café,na hora do almoço eu bebi a comida pois não havia tempo para saborear pois o tempo não para,nem preciso falar que não deu tempo para a sobremesa,na hora de encerrar o expediente como sempre não encerrei,hoje e todo dia e dia de hora extra,sai do trampo depressa pois não podia perder mais uma aula na faculdade,ao chegar lá peguei a matéria emprestado com o amigo da aula que perdi,pra piorar o dia tinha prova e eu tinha me esquecido,mais tava tranquilo era de consulta,consulta pra quem tem onde consultar pois eu não tinha a matéria,na hora de ir pra casa ônibus lotado como ontem,anteontem e sempre,ao chegar em casa já era outro dia,pois já passava das zero horas da noite,os programas da madrugada nos prendem em frente a TV pois são os únicos que podemos assistir,pois essa é a hora que podemos parar para assistir,dormi em frente a TV como ontem,anteontem e semana passada também,quando meu corpo desacelerava o cansaço era vencido por lindos sonhos,um som ensurdecedor latejava na minha cabeça,era o despertador a tocar,pronto! Já amanheceu, quero dizer ainda não amanheceu mas já é hora de levantar,meu corpo parecia uma pedra e não tinha forças para levantar,enquanto eu lutava contra a gravidade já se passava mais quinze minutos pois o tempo não para,e eu já estava atrasado como ontem,anteontem e semana passada também.

Quem nesse mundo que mais parece uma corrida contra o tempo já passou ou vive essa rotina,essa correria do dia a dia,uma luta contra o tempo que por mais que nos apressamos nunca conseguimos ser mais rápidos que ele,vivemos a um rítimo super acelerado não podemos parar,pois o tempo não para,nunca da tempo de ler aquele livro que está na mesma página a um mês,assistir aquele filme no cinema,só quando está prestes a sair de cartaz e depois de todos os seus amigos já terem assistido e te contado todo o filme,nunca da tempo pra nada.Devemos viver em função do tempo,devemos nos planejar melhor,ou continuarmos a nos submetermos a esse ciclo sem fim que nos desgasta cada dia mais,pois a energia que gastamos,o tempo que perdemos,nós não conseguimos repor de jeito algum,o tempo que perdemos com coisas que não valem a pena não voltam,pois não podemos voltar no tempo,tudo que deixamos de fazer ou fazemos ás pressas,tudo que deixamos pra depois e depois e nunca realizamos,”Nunca deixe pra depois o que você pode fazer agora” ouvimos esse ditado popular a todo o tempo mas não levamos em conta a profundidade que ele carrega consigo,tudo é tempo,tempo é dinheiro,precisamos de  tempo para realizar nossos planos e sonhos,mas sempre deixamos pra depois mas como a roqueira baiana Pitty escreveu em uma de suas canções,”Não deixe nada pra depois,não deixe o tempo passar,não deixe nada pra semana que vem,pois semana que vem pode nem chegar” trecho da música Semana que Vem do álbum Admirável chip Novo,ouça,reflita sobre isso,talvez você esteja esperando o momento certo para realizar algo,para dizer algo importante para alguém,quantas das vezes nos deparamos com uma despedida eterna a alguém,como a morte,quando alguém querido falece,ai sim paramos o que quer que estejamos fazendo,faltamos a escola,ao trabalho e nos dedicamos aquele ente querido,enfeitamos com flores,coroas fazemos muitas homenagens a pessoa querida,dizemos palavras belas nesta hora solene,mas a pessoa não vai ver,não vai ouvir nada disso,a pessoa não vai sentir a emoção dessa singela homenagem,por que não fizemos isso enquanto ela estava viva,talvez não viesse as palavras certas,ou não deu tempo pra fazer isso,acho que palavras não faltam,mas sim deixamos pra depois o que podemos muito bem fazê-lo agora. Quantos não gostariam de voltar no tempo para corrigir certas coisas,tomar outras atitudes,mudar aquele diálogo que teve com alguém e disse coisas que não devia ou deixou de dizer algo de suma importância,talvez voltar no tempo pra corrigir um erro,para trilhar outro caminho,esquerda ou direita? Há eu devia ter ido pela direita, (A) ou (B) há eu devia ter marcado (B),Samara ou Fernanda,há eu devia ter namorado a Fê,dirigir bêbado ou pegar o taxi,há…ele não está aqui para responder.

Certas coisas não há como voltar atrás pois o tempo não para tão pouco retrocede,o que podemos fazer é olhar pra frente e decidir o que fazer daqui pra frente,dominar o nosso tempo e não sermos dominados e manipulados,fazer do agora um amanhã sem arrependimentos,sem frustrações pois viver intensamente e não deixar pra depois o que é importante agora:As pessoas.Nunca é tarde para se tornar o que você poderia ter sido,há meses que deixo pra amanhã voltar a escrever,uma das coisas que mais gosto mas nunca tenho tempo,ou a preguiça é mais forte,mas hoje deixei de lado a internet,mais um episódio de Wilfred,kkkk,baixar mais um filme etc…o amanhã eu faço agora,o que passou não volta mais,tenho que pensar no que vai ser daqui pra frente como disse Ram Dass. “Esteja no aqui e no agora.” O que vem depois não sei,o que sei é que vou fazer do hoje motivo de boas lembranças no amanhã,que o que eu disser hoje será inspiração amanhã,que o meu legado não seja frustração e arrependimento e sim orgulho e glória no amanhã,que eu possa olhar pra trás e dizer que nada ficou inacabado,que o passado seja apenas uma escola,que podemos olhar pra ele e aprender com os erros que cometemos,e não fazê-los novamente,que possamos separar um tempo para nós e pelo o que é importante para nós,o próximo,que mesmo que estejamos atrasados como ontem,anteontem e semana passada,possamos reservar um tempinho para nós mesmos.

Esse post foi escrito ao som de Emeli Sande – Our Version Of Events.muito bom esse álbum ouça ai.

Anúncios

3 comentários sobre “Histórias Que a Vida Conta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s