O BEM E O MAL

Por Alessandro Silva

download

“O bem e o mal tem a mesma face, o mesmo rosto, tudo depende da época, do momento, do instante em que se cruzam o caminho do ser humano”. (Paulo Coelho)

Há variáveis quando se discute o bem e o mal, o certo e o errado, as trevas e a luz, desde pequenos nossos pais nos ensinam o que é certo, e o que é errado, a religião nos ensina a diferença entre o bem e o mal, a escola ensina que para ser alguém de bem temos que ter estudo, ainda assim esse assunto ainda é um tiro no escuro. Inicialmente urge salientar que o conceito que temos a respeito do que seria o certo e o errado, é variável, se difere de mim e de você, o que é certo pra mim talvez não seja o certo pra ti, e vice e versa, a criação dos pais, a religião, a classe social, a cultura influência esse conceito, tudo varia a partir do contexto, por esse motivo nota-se que existe conflitos de identidade entre as pessoas, elas questionam a si mesmas a cerca do que realmente é certo e o que é de fato errado aos olhos do homem, para a sociedade em geral o aborto é errado, pra outros não, mas em um contexto em que a gestação é maléfica tanto para a mãe quanto para o feto, futuro bebê, os que acham o aborto errado apóiam a interrupção da gravidez, logo temos um meio termo, mas o certo e o errado não são impostos a nós, somos aconselhados, temos orientação por parte de nossos pais, da escola, da igreja, mas eles não nos obrigam a fazer o certo, nem poderiam, apenas apontam o caminho, é escolha nossa seguir o “caminho do bem” ou não, todos nós temos luz e trevas dentro de nós, cabe a nós escolhermos o lado que queremos seguir, a grande questão seria saber o que leva um indivíduo a seguir caminhos obscuros, ser mal, praticar o mal, partido do pressuposto de que realmente é uma escolha, o que leva uma pessoa a trilhar esse caminho?

É fato de que certas situações propiciam a ida de uma pessoa para esse lado, como uma má estrutura familiar, habitar em áreas de risco, más companhias, etc.Mas mesmo que haja todos esse agentes maléficos citados acima, ainda assim é uma escolha, e como toda escolha tem sua conseqüência, a conseqüência de praticar o mal não é nada boa, o que me incomoda de verdade é o fato das pessoas precisarem de uma desculpa, mais que esfarrapada para dar em momentos em que se tenta entender o verdadeiro motivo de uma pessoa escolher ser má, elas atribuem todos esses agentes que outrora citei aqui, culpam a sociedade, o sistema ou a si mesmos, e não aceitam o fato de que foi feita uma escolha, e são más, ou praticam más ações pelo simples fato de gostarem de o fazer, mas antes devemos diferenciar esse termo, ser má e praticar a maldade, muitos que praticam ações maléficas muitas das vezes não são más de fato, são diferentes daqueles que são na sua essência más, obscuras e tem imenso prazer em praticar tal ação “O bem não significa simplesmente não fazer o mal, mas antes não desejar fazer o mal” (Demócrito)

Portanto esta admitir que há uma escolha, mesmo que sejamos influenciados à escolha, ainda é nossa escolha, mesmo escolhendo o bem, sendo de bem, nós escolhemos, se escolhemos deveríamos ser livres para praticar, desde que não prejudique o próximo, todos temos o direito de ser bom ou mal, cabe a nós admitir e aceitar a escola dos que nos cercam, pois onde há luz há trevas, elas andam sempre juntas, uma completa a outra, você sendo bom não quer dizer que coisas ruins não aconteçam com você, esteja preparado e que a escuridão não apague a sua luz, a menos que você queira, que seja escolha sua, pois tudo na vida muda, onde há escuridão pode brilhar a luz, onde há luz, ela pode se apagar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s